automação logística

Veja 4 tendências de automação logística e 3 benefícios que elas geram!

Por ser um mercado extremamente competitivo, tudo o que envolve a logística precisa se manter atualizado. Assim, é possível se destacar diante dos clientes, reduzir custos e entregar resultados de qualidade. Todas essas necessidades mostram que os avanços da automação logística no setor se impõem, e as empresas precisam se adaptar a essa realidade conforme as particularidades de seu trabalho, com foco em identificar gargalos e solucioná-los de maneira prática.

O melhor caminho em uma situação como essa é incrementar a tecnologia conforme os objetivos de sua empresa para que aconteçam investimentos certeiros. Dessa forma, fica muito mais simples padronizar as etapas, ter informações confiáveis sempre à disposição e solucionar problemas rapidamente.

Quer saber mais? Siga com a leitura deste artigo.

Entenda como é a dinâmica do setor logístico

Como uma estratégia para reduzir as ociosidades nas operações a fim de manter uma padronização eficiente, automatizar as tarefas faz muita diferença no fim das contas. Esse tipo de processo está redefinindo as práticas, e os responsáveis pela gestão devem se conectar com as melhores soluções tecnológicas para garantir que os investimentos tragam o que o negócio precisa.

Os desafios que envolvem a logística são muitos, e isso faz com que os gestores precisem trabalhar apagando incêndios sem pensar exatamente em estratégias diferenciadas de crescimento. Na prática, são falhas na gestão de informações, dificuldades com a dependência do transporte rodoviário, falta de clareza nos propósitos e custos altos de armazenagem.

Conheça as 4 principais tendências de automação logística

Esse excesso de funções e pendências acaba sobrecarregando quem toma as decisões, e isso se reflete em um problema recorrente do setor, que é o não cumprimento de prazos. Sem contar que os consumidores estão cada vez mais exigentes, e os processos precisam corresponder às expectativas com agilidade, eficiência e flexibilidade.

Isso acontece por meio de estratégias de digitalização, combinadas com soluções de gerenciamento que priorizem as tendências de automação. Veja a seguir as 4 principais tendências do setor!

1. Lean Manufacturing

Em um setor como o da logística, em que cada detalhe importa, a transformação digital se transforma na única opção viável daqui para frente. Dessa forma, materiais não usados adequadamente ou colaboradores que não conseguem se dedicar ao máximo em suas funções representam um problema recorrente que compromete as operações.

O Lean Manufacturing busca resolver essa questão com uma filosofia de funcionamento que utiliza todo o potencial dos recursos envolvidos na empresa. Também conhecido como manufatura enxuta ou produção enxuta, ele pode ser classificado como um sistema de redução de desperdícios ou até mesmo um método de pensamentos.

Tudo é baseado em 5 princípios: valor para o cliente, fluxo de valor, fluxo contínuo, sistema pull (produção puxada) e kaizen (melhora contínua). O foco é eliminar os custos que não trazem retorno positivo ao negócio nos setores relacionados e identificar como a automação logística faz parte da realidade de sua empresa.

2. Customização

A customização na logística tem relação direta com a personalização. De modo mais amplo, esse processo pode ser integrado em diferentes soluções. Por exemplo, o planejamento que começa com uma assessoria adequada, conforme os desafios enfrentados, funciona muito melhor por evitar prejuízos em mercadorias delicadas.

Essa medida é interessante também nas ações do comércio exterior, que envolvem muitas etapas e qualquer falha pode gerar custos e comprometer a imagem da empresa no mercado. Então, se uma importação específica precisa de uma autorização mais complexa, com a customização, é possível já ter todo o processo facilitado e alinhado.

3. WMS

Quanto maior for a empresa, maior será a necessidade de trazer inovações. Com isso, o WMS (Warehouse Management System) tem o objetivo de gerenciar e automatizar todos os processos logísticos que acontecem no centro de distribuição. Esse sistema de logística integra a cadeia de suprimentos e permite que o controle, antes feito por vários colaboradores, seja realizado por um software.

4. ERP

O ERP, ou Enterprise Resource Planning, torna-se o sistema controlador de toda a gestão dos processos e informações integradas nos setores de uma empresa. A partir do funcionamento da ferramenta, os gestores conseguem ter uma visão ampla das etapas operacionais e identificar quais pontos precisam ser aprimorados. Além disso, o sistema ainda é responsável por tornar os dados disponíveis digitalmente para aumentar a produtividade.

Veja os 3 principais benefícios da automação logística

O setor logístico exige que os processos sejam não apenas otimizados, mas também avaliados cuidadosamente e revisados conforme os erros e acertos reportados anteriormente. Diante disso, implementar qualquer ferramenta tecnológica precisa trazer mudanças efetivas ao andamento logístico para que os investimentos gerem lucros em curto prazo.

Veja a seguir 3 benefícios da automação logística.

1. Experiência do consumidor

O grande segredo é ter em mente que o sucesso de uma operação logística vai muito além da rota escolhida, do tipo de modal usado e do tempo de entrega. Hoje em dia, a dinâmica que envolve a automação logística gira em torno de ter uma experiência que pensa nos comportamentos do consumidor e na criação de um relacionamento de confiança em longo prazo.

Quando a empresa está centrada na eficiência dos processos, economiza em custos e mão de obra por conta de investimentos efetivos em tecnologia. As ferramentas inovadoras garantem a otimização dos processos, a identificação de falhas de maneira muito mais rápida e a melhor tomada de decisões com base em dados atualizados, com a ajuda do Big Data e confiáveis na medida certa.

2. Aumento da produtividade

O processo de automatização faz com que a perda de tempo com atividades repetitivas, burocráticas e manuais seja reduzida significativamente. Como resultado, os colaboradores conseguem se dedicar às ações que exigem toda uma análise estratégica na hora de tomar decisões e são mais complexas. Sem contar que, dessa maneira, fica muito mais simples oferecer um atendimento de alta performance e se destacar entre a concorrência.

3. Aperfeiçoamento do fluxo de informações

Ter informações atualizadas à disposição é fundamental na gestão do trabalho. Com a automação logística, todos os setores conseguem integrar dados, tomar decisões em conjunto e solucionar problemas em tempo real. Além disso, reduzem-se as falhas de comunicação e a inconsistência de dados, que impactam o rastreamento de cargas e a gestão de estoques.

Pronto! Agora ficou claro quais são as tendências e os benefícios da automação logística. O mais importante é encontrar as soluções tecnológicas que mais se enquadram nos desafios enfrentados pela sua empresa e na possibilidade da redução de custos sem perder em qualidade e eficiência logística.

Gostou das informações do artigo? Então assine nossa newsletter e fique por dentro de nossas novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo