desafios da logística

Como contornar os principais desafios da logística?

Mesmo com toda a inovação disponível no mercado para otimizar as estratégias de logística, esse setor enfrenta ainda muitas dificuldades e desafios. Entre essas questões desfavoráveis estão desde as estruturas precárias até a falta de mão de obra especializada.

Assim, contornar os desafios da logística exige muito trabalho e dedicação, pois esses problemas afetam toda a maneira de otimizar a cadeia de suprimentos, inclusive os processos internos, como armazenagem, planejamento, distribuição de produtos, entre outros.

Pensando nisso, preparamos este texto para que você saiba como solucionar tais contratempos de maneira eficaz. Continue lendo!

Segurança do transporte de cargas

Fazer com que os processos que envolvem a entrega sejam concluídos de modo eficaz é essencial para o segmento de transportes. Um dos principais empecilhos provocados por roubo de cargas e acidentes é o grande prejuízo econômico, que abrange toda a cadeia de suprimentos.

Sendo assim, a prevenção e a conscientização reduzem os riscos. É necessário se certificar de que os motoristas cumpram com a legislação de trânsito, não utilizem bebidas alcóolicas e evitem o excesso de velocidade.

Além do mais, estar em uma viagem com condições ruins — como chuvas ou no período da noite — estão entre os principais motivos de acidentes.

A transportadora também pode exercer o seu papel e fazer com que a sua frota esteja em boas condições de transitar e que não seja carregada com peso acima do limite. É possível, ainda, optar por utilizar apólices de seguro e garantir o seu ressarcimento em situações que aconteçam sinistro.

Gestão de transportadoras

Levando em conta a grande pressão por resultados que determinadas companhias enfrentam, a gestão de cargas tem uma relevante importância estratégica no setor da logística de transporte.

Mesmo assim, vários negócios cometem erros que provocam prejuízos para os consumidores e para o negócio de modo geral, comprometendo a sua imagem no mercado. As brechas encontradas englobam desde a prática de negligenciar o planejamento estratégico para organizar o trabalho das transportadoras até a privação total dos métodos de monitoramento de resultados.

Assim, tão importante quanto coordenar o trabalho da transportadora contratada de maneira eficaz é compreender quais comportamentos de atuação precisam ser esperados da prestadora de serviços, levando em conta a otimização constante das operações de logística inbound e outbound.

Dessa forma, as melhores transportadoras são aquelas que trabalham considerando a flexibilidade e que estão à disposição dos contratantes, atuando com velocidade na resolução de qualquer problema.

Defasagem do frete

A gestão do frete para as empresas também pode ser um problema, já que é preciso realizar as entregas de modo rápido e seguro, sem causar danos à qualidade dos produtos entregues aos clientes.

No entanto, a crise que se passa na atual economia nacional agravou a defasagem do frete, fazendo com que a logística de transporte tenha que resistir a valores ainda mais reduzidos do que os que eram utilizados no mercado.

Dessa forma, para lidar com todos os contratempos provocados pela defasagem do frete, as companhias devem, em primeiro lugar, investir em uma boa solução de gerenciamento de riscos, optando por uma postura eficiente para antecipar objetivos e criar métodos eficazes para sobreviver em meio à atual conjuntura.

Desse modo, uma boa gestão de frete exige dos gestores que desejam superar os desafios da logística bastante atenção em relação a questões como multas, roubos e furtos de cargas, uma vez que esse tipo de situação extrapola pontos a serem analisados, como os preços praticados pelas transportadoras. Veja, a seguir, alguma das observações que os gestores devem observar quando o assunto são os fretes:

  • a emissão correta de todos os documentos legais;
  • os valores e o pagamento das taxas obrigatórias para as operações que estão em análise;
  • a contratação do seguro de cargas e a utilização de outras providências referentes à segurança no transporte de produtos;
  • o alcance das operações no que diz respeito ao envolvimento da malha viária e à existência de limitações de envio.

Na realidade, o processo de segurança das cargas, da frota e dos motoristas simboliza um dos grandes desafios da logística de transporte hoje em dia. Por isso, é muito importante que as empresas se adéquem a essa nova realidade, a fim de evitar problemas futuros no segmento logístico.

Infraestrutura das estradas

O aumento da quantidade de acidentes também fundamenta um dos grandes desafios da logística e gera consequência tanto na conservação dos veículos quanto no atendimento dos prazos de entrega.

O atual cenário brasileiro de transporte de cargas faz uso principal do modal rodoviário, o que obriga as companhias a lidarem com os gastos da falta de conservação das rodovias. Sua particularidade primária é a atividade de cargas de variados tamanhos — desde mercadorias agrícolas até o setor de minério — para localidades distantes. Porém, os impedimentos na malha viária aumentam conforme a sua extensão.

Para suportar esse tipo de problema, as organizações podem demarcar o seu raio de entrega, evitando, assim, trafegar por vias de péssima conservação. Uma ação que diminui bastante possíveis problemas são as manutenções preventivas, que são capazes de deixar os veículos em melhores condições de circulação, bem como o uso da terceirização logística.

Organização do espaço físico do estoque

O nível de eficácia conquistado com a gestão do estoque pode tanto fazer com que esse segmento tenha uma melhor vantagem estratégica como pode se converter em um problema. A organização e localização de produtos, a estruturação do espaço e o arranjo das prateleiras provocam impactos no decorrer do processo.

Envios de pedidos errados, impasses no embarque e atrasos na remessa de produtos são algumas das consequências averiguadas quando a gestão não emprega a devida atenção a esse tipo de atividade.

A fim de solucionar isso, o layout de armazenagem precisa ser criado para garantir a movimentação de carga, funcionários e maquinários de modo seguro e eficaz. Assim, torna-se possível aproveitar melhor o ambiente, diminuir os custos de estocagem e atender às exigências de cada mercadoria.

Todas estas mudanças e desafios da logística devem ser analisados a fundo pela empresa. É fato que aquele que não se adapta às transformações do mercado é excluído naturalmente da referência do público. Então, procure se adequar e utilize a tecnologia ao seu favor!

Gostou deste texto? Entre em contato conosco e saiba como podemos otimizar a logística da sua empresa!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo