estratégia omnichannel

O que é a estratégia omnichannel e como ela aumenta a eficiência da logística?

Por muito tempo, a logística era somente um processo operacional manual. Mas, com os grandes avanços da tecnologia e a alteração do perfil de compra da população, está ocorrendo uma transformação digital no setor. Isso, por sua vez, faz com que muitas das ações sejam totalmente automatizadas — e um exemplo disso é a adoção da estratégia omnichannel para ampliar a eficiência da logística.

Essa é uma iniciativa que busca atender às demandas dos clientes, que atualmente prezam por bons relacionamentos com as marcas. Ou seja, essa estratégia visa disponibilizar uma melhor experiência de compra pela oferta de diversos canais de relacionamento.

Contudo, essa ideia vai além disso, já que também permite que a tecnologia seja utilizada para o aprimoramento das vendas e também oferecer vantagens tanto para as empresas como para os usuários.

Quer saber mais sobre o tema? Chegou ao local certo! Preparamos este post para que você conheça mais sobre esta inovação e entenda como ela aumenta a eficiência no setor logístico. Confira!

O que é estratégia omnichannel?

O conceito dessa estratégia surgiu com as modificações e tendências do novo modelo de consumo, uma vez que não estamos mais nos tempos em que sempre que precisava de algum produto era preciso ir até o local de venda para adquiri-lo. Atualmente, existe muita variedade quanto aos meios de realizar uma compra.

A compra pode ser feita em sites de comércio eletrônico, utilizando um desktop ou smartphone, por exemplo. Essas possibilidades tornou o mercado muito mais dinâmico, rápido e prático. Da mesma forma, a exigência do consumidor também aumentou, fazendo com que surgisse a estratégia omnichannel na logística.

Esse conceito implica na integração das operações de vendas a fim de disponibilizar uma experiência única para os consumidores. Isso quer dizer que o comprador pode entrar em contato tanto de modo online como offline. Em qualquer modelo, seus dados e preferências estão acessíveis por causa da grande interação dos variados canais.

Como estão as estratégias omnichannel no varejo brasileiro?

Foi realizada uma pesquisa feita pela PwC, que constatou que em uma dimensão de 0 a 100, o nosso país conta com um percentual de ascensão em desenvolvimento omnichannel de vinte e seis, sendo que esse número demonstrou estar três pontos acima do que foi constatado no ano de 2015.

Se compararmos isso com o que acontece em outros países, como o Reino Unido, Estados Unidos, China e Austrália, o Brasil se encontra muito aquém do que é esperado, uma vez que a pontuação nesses Estados alcançam números bem superiores, como 41, 43, 38 e 39, respectivamente.

Outra pesquisa aponta que é exatamente a ligação da prática omnichannel e integrada dos clientes em pontos físicos que as empresas estão deixando a desejar. Nesse estudo, trinta e seis por cento dos que participaram da entrevista falaram que o canal físico é o que necessita de maior melhoria. Além disso, vinte e sete por cento deles elencaram a necessidade de uma experiência eficiente.

Quais são as tendências do omnichannel

Ao passo que a tecnologia proporciona cada vez mais métodos eficientes para as empresas, alguns deles ganham destaque pela sua eficiência aplicada ao varejo. Veja algumas das tendências do omnichannel:

  • lojas físicas integradas: mesmo com o foco em canais digitais e mobile, o varejo físico vai continuar com grande importância como ponto de contato com clientes;
  • self-checkout: está atraindo vários varejistas, pois simplifica o autoatendimento nas empresas;
  • same day delivery: impulsiona o mercado a fim de atender clientes exigentes com a utilização de frete grátis ou entrega rápida (em dois dias), por exemplo, como forma de fazer a empresa se destacar perante a concorrência;
  • ship-from-store: uma nova realidade do varejo em que lojas se transformam em pequenos centros de distribuição a fim de atender as pessoas por meio da Internet.

Quais os desafios que o omnichannel traz para a logística?

Para que uma estratégia omnichannel consiga ter sucesso na logística, é preciso superar alguns desafios. Confira alguns deles a seguir.

Integração e atualização do estoque

Não importa a quantidade de ambientes em que há estoques, os dados precisam ser centralizados, corretos e confiáveis, a fim de que os produtos possam ser remetidos rapidamente e o cliente seja atendido de acordo com o estipulado no momento da venda.

Desse modo, a atualização em tempo real dessas informações é uma questão fundamental para que sua estratégia omnichannel na logística tenha sucesso. Os processos devem ocorrer de maneira rápida e segura, como também devem estar disponíveis para todos os interessados.

Gestão de entregas

O monitoramento da entrega das mercadorias é outra ação que deve sempre funcionar, pois isso permite que os clientes consultem e identifiquem, com exatidão, em que processo da operação logística se encontra o seu produto. Esses dados, além de ampliarem a satisfação, reduzem as demandas de atendimento.

É preciso ressaltar, ainda, que essas informações devem estar disponíveis, tanto para o acesso por meio da internet para o cliente, como para todos os canais, em que colaboradores possam de maneira rápida realizar consultas.

Logística reversa

A logística reversa está relacionada com a devolução de produtos e ela precisa funcionar de forma rápida e pouco custosa. Quanto maior a disponibilidade de dados em relação às mercadorias, menor é a taxa de devolução.

Porém, quando ela ocorra, a empresa deve estar preparada para solucionar qualquer problema em tempo hábil. Assim, é preciso que todos os canais de comunicação do negócio estejam preparados para alguma solicitação, a fim de poder promover encaminhamentos internos por meio dos processos já bem definidos.

Integração de todos os processos

A integração de processos é essencial para que uma estratégia omnichannel na logística funcione. Sem essa integração nas lojas, canais de comunicação, depósitos e sem um eficiente treinamento de todos os envolvidos na empresa, fica praticamente impossível de implementar essa solução de maneira completa.

Para tudo isso, sistemas de controle são fundamentais e equipamentos eletrônicos que permitam uma atualização rápida de dados devem estar disponíveis em todos os processos, a fim de garantir o sucesso de todas as operações.

Como utilizar o omnichannel para aumentar a eficiência na logística?

Você já deve ter percebido que as operações baseadas no omnichannel exigem muita eficiência do setor de logística. Dessa forma, é preciso organizar todas as etapas do processo para que haja um bom atendimento ao cliente.

É essencial que você invista em sistemas capazes de realizar essa integração com todos os outros sistemas da empresa, como o modelo WMS. Assim, você vai poder acompanhar as etapas da cadeia logística como o depósito, pátio, faturamento, entrega etc. Com essa estratégia, fica mais fácil realizar o rastreio dos objetos durante sua etapa de produção, além de realizar o controle de lotes em tempo real.

Enfim, utilizar uma estratégia omnichannel na logística ultrapassa — e muito — o que é considerado uma tendência de mercado. Por isso, é preciso investir nesse tipo de ação a fim de promover experiências melhores e positivas para os clientes. Porém, é preciso ressaltar que não é suficiente ampliar a participação da marca somente em ambientes online, pois os canais offline também devem fazer parte dessa mudança.

E aí, gostou deste post? Curta nossa página no Facebook e tenha acesso a outros conteúdos como este!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta