Paletização de Cargas: Conheça os principais benefícios e práticas mais eficientes!

A gestão de armazém envolve processos e operações que visam à organização, ao deslocamento de itens, à formação de estoques, à entrada e à saída de produtos.

Entre essas operações, a paletização de cargas é uma das mais importantes. 

Confira o conteúdo a seguir e veja em que consiste essa operação e as vantagens que oferece!

O que é paletização de cargas?

A paletização de cargas é uma operação muito usada nos armazéns para deixar a organização do estoque facilitada, bem como para simplificar o manuseio dos itens, principalmente no embarque para o transporte.

Por meio de uma estratégia de unitização de cargas, isto é, o agrupamento de muitos volumes, formando um só. Desse modo, a movimentação de materiais fica mais fácil, tornando-se mais rápida.

Na paletização, os itens são organizados compactamente, em forma de paletes (pallets, em inglês) que são manuseados com o auxílio de empilhadeiras e de outras máquinas.

Como funciona a paletização de cargas?

Os itens, em geral embalados, são colocados sobre o palete com a ajuda de empilhadeiras. Depois, são usadas fitas ou plástico filme para fixar as mercadorias, assegurando a consolidação durante o deslocamento delas.

Quais são os tipos de paletes?

Há diversos tipos e modelos de paletes, que variam conforme critérios diferentes. Vamos analisar quais os tipos segundo os materiais e os padrões.

Tipos de paletes conforme os materiais

Os paletes podem ser construídos de diferentes materiais: madeira, plástico, papelão, metal e outros. Vamos ver brevemente os mais usados:

Palete de madeira

É o mais usado dos paletes. É fabricado em tábuas de madeira e apresenta uma estrutura mais simples. Usualmente, ele acomoda cargas leves, de pequenas a médias dimensões.

Palete de plástico

O plástico usado na produção do palete pode ser reciclável ou não, oferecendo mais resistência e mais durabilidade do que a madeira.

O palete de plástico é comumente usado para cargas maiores, de maior peso, com indicações para ambientes úmidos ou onde existe proximidade com substâncias químicas.

Palete de metal

O palete também pode ser feito de aço ou alumínio, oferecendo grande resistência e muita durabilidade. É mais usado em indústrias de produtos alimentícios e de produtos químicos. Também é útil em ambientes com muita umidade.

Palete de papelão

O palete de papelão é mais leve e, portanto, mais fácil de manusear. Dessa forma, é um modelo indicado para cargas mais leves, com pouco volume.

Paletes de materiais alternativos

Além dos materiais citados, há medidas destinadas ao desenvolvimento de paletes em outros materiais. Destaca-se, no Brasil, o Projeto CocoPallet, que produz paletes de fibra de coco, que é uma alternativa mais sustentável.

Tipos de paletes conforme os padrões

Há diferentes padrões de paletes que podem ser encontrados feitos com os materiais citados. Vamos falar de quatro padrões, que se referem a diferentes países:

Pallet PBR

Esse é o padrão mais usado em nosso país, correspondendo ao “padrão brasileiro” (P de “padrão” e BR de “brasileiro”). Suas dimensões são de 1.000 mm x 1.200 mm.

Pallet GMA

É o padrão mais utilizado nos Estados Unidos, destacando-se na indústria de bebidas e de alimentos. As dimensões são de 1.016 mm x 1.219 mm.

Pallet EURO

Padrão que surgiu na Europa, sendo usado em diversos países europeus. O tamanho desse tipo de palete é de 1.200 mm x 800 mm.

Pallet Australiano

Esse é o padrão mais comum na Austrália, projetado com medidas para suportar um tipo de contêiner (RACE), muito utilizado nesse país.

Quais são as vantagens da paletização de cargas?

A paletização é uma ferramenta interessante para muitas empresas. Vejamos alguns benefícios que ela proporciona à empresa ou à indústria:

  • redução dos riscos de danos aos produtos durante o manuseio e o transporte;
  • melhoria no espaço de armazenamento;
  • agilidade na carga e descarga do veículo de transporte, contribuindo para uma entrega mais rápida de itens; 
  • padronização dos processos, gerando mais eficiência;
  • otimização da segurança no ambiente de trabalho.

Quando usar a paletização de cargas?

É necessário se certificar de que a paletização realmente vai oferecer benefícios ao negócio, ao transportador e ao cliente que recebe os produtos. É importante que todos estejam preparados para assumir os gastos com adaptação e treinamento. Também é necessário levar em conta os veículos disponíveis para efetuar esse tipo de transporte.

Geralmente, é uma boa opção para quem trabalha com materiais de diferentes categorias (seja a própria empresa, seja quem recebe os itens) ou para quem precisa que as mercadorias sejam submetidas a alguma fiscalização (Receita Federal, vigilância sanitária). Vale, contudo, lembrar que, em alguns casos, a paletização se torna necessária:

  • obrigatoriedade legal para o tipo de produto: por exemplo, remédios, alguns tipos de alimentos;
  • solicitação do remetente: para cargas com alto valor agregado e passíveis de danos durante o transporte, também se recomenda a paletização (é o caso de eletroeletrônicas e máquinas);
  • pedido do destinatário: é comum em grandes empresas, como supermercados e lojas.

Como obter eficiência na paletização de cargas?

A paletização de cargas é um processo que otimiza o trabalho no armazém. Mas, para que o processo seja bem executado, é importante aplicar algumas práticas. Veja algumas delas:

  • escolha corretamente o tipo de palete, levando em conta as dimensões e o peso da carga; 
  • faça o empilhamento adequado dos itens, segundo as características de cada categoria;
  • mantenha atenção sobre as condições dos paletes, evitando o uso de peças quebradas que podem gerar riscos para a operação;
  • use materiais de fixação que garantam a firmeza dos volumes (fitas, cintas, filme plástico); distribua os itens de maneira uniforme sobre o palete para assegurar a estabilidade;
  • use os equipamentos certos para o manuseio das cargas paletizadas (paleteiras, empilhadeiras);
  • treine os colaboradores para usar os equipamentos da forma certa, bem como os acessórios de segurança; identifique as cargas paletizadas com códigos de barras e etiquetas para que a localização dos itens fique mais fácil.

Aplicando essas práticas, você desenvolverá operações de paletização de cargas mais eficientes e eficazes. Assegurando a integridade dos itens durante a armazenagem deles e seu posterior transporte.

Depois de entender melhor o que é paletização de cargas , confira nossas postagens em outros canais de comunicação. Curta a nossa página no Linkedin e fique por dentro do universo da Logística! 

Deixe um comentário