tecnologia 5g

Quais os impactos da tecnologia 5G na logística?

Inúmeras novas tecnologias surgem a cada ano com o impulso de otimizar a vida das pessoas em todos os âmbitos. Um exemplo disso é a tecnologia 5G, que está sendo anunciada como uma grande evolução com relação ao padrão 4G. Mais do que um novo paradigma para as telecomunicações, essa sigla representa muito para todos os setores que dependem de conectividade, inclusive a logística.

Para continuar aprimorando a capacidade de controle na cadeia de processos logísticos e alcançar as metas, os gestores precisam se manter atualizados à transformação digital na logística. Isso inclui, evidentemente, o domínio do 5G e de suas implicações.

Neste artigo, explicaremos os impactos do 5G para o ambiente de produção e distribuição de produtos. Começaremos com alguns termos técnicos e desenvolveremos a conexão entre as telecomunicações e as inovações atuantes em processos logísticos. Não deixe de ler!

Quais as características principais da tecnologia 5G?

O 5G é a nova geração de tecnologia de conexão móvel. É uma evolução natural dos padrões anteriores, o 3G e o 4G. Se o 4G revolucionou o mercado com suporte a imagens e vídeos em alta definição, o que foi importante para uma nova tendência de acesso e consumo de conteúdo, o 5G promete dar suporte a um conjunto maior de dispositivos simultâneos.

Em termos técnicos, as vantagens do 5G são impactantes. O padrão anterior funciona em frequências de até 2.5 GHz, ao passo que o novo padrão alcançará até mesmo 95 GHz. Ademais, haverá mais informações por segundo em transferências e maior velocidade na conexão — velocidade 20 vezes maior do que a do 4G.

Além disso, essa nova tecnologia trará mais consistência e estabilidade à conexão, com, inclusive, menos latência. Ou seja, o tempo de resposta entre um dispositivo a outro em uma comunicação na rede será consideravelmente menor, cerca de dez vezes menor, o que derrubará as barreiras comuns na interação em tempo real.

Outra característica do 5G é o menor consumo de bateria por dispositivo. Isso tornará o uso mais econômico e viabilizará a construção de arquiteturas de diversos dispositivos em rede, como na Internet das Coisas (IoT). A IoT é uma das grandes beneficiadas com o menor tempo de resposta, maior suporte a equipamentos e maior número de informações trafegando simultaneamente.

Um dos problemas que geram um desafio para a Internet das Coisas hoje é justamente a falta de conexão em diferentes pontos, com os dispositivos demorando a responder e perdendo o acesso. As possibilidades no futuro, porém, são mais positivas.

Como a tecnologia 5G e a logística se relacionam?

Isso nos leva à aplicação da tecnologia 5G na logística. Nos processos da cadeia de suprimentos, existe uma forte demanda por controle descentralizado, monitoramento, mobilidade e previsibilidade.

Todas essas são características que serão amplificadas com a aplicação do novo padrão de telecomunicações. Ou seja, há um potencial importante da tecnologia para a logística no Brasil e no mundo.

Em outras palavras, uma vez que se tem 5G, torna-se viável estender a computação para todos os pontos das indústrias, transportadoras e centros de distribuição. Como já foi falado, o 5G soluciona problemas de conexão em locais remotos e de comunicação a distância. Por isso, possibilita a interação em tempo real desses inúmeros ativos computacionais distribuídos, sem limitações e interrupções.

Estamos falando de sensores inteligentes em caminhões, sensores em máquinas, sensores em estruturas de armazenamento, sensores em mercadorias e até mesmo drones que entregam produtos. Dispositivos se comunicam entre si, levando dados para otimizar o controle dos gestores.

Em suma, é a aplicação da Internet das Coisas na logística. A rede de sensores e equipamentos sem fio possibilita controle e rastreamento de cargas, monitoramento dos produtos na etapa de armazenamento, administração da temperatura e das condições de estocagem, controle do posicionamento de cada item e gestão de umidade, iluminação e outros aspectos.

Ou seja, a gestão acompanha os produtos desde que eles entram nos CDs até quando forem transportados para o cliente. Além dos produtos em si, a rede permite assegurar precisão em todas as fases e em todos os processos logísticos.

No geral, esses sistemas, interconectados por meio das facilidades do 5G, geram um mar de dados para serem analisados pela gestão. Esses dados se tornam Big Data e viabilizam uma tomada de decisão mais segura e certeira, depois de um processo de análise que transforma esses dados em insights.

Quais os impactos da tecnologia 5G na logística?

A seguir, vamos aprofundar os impactos do 5G na logística. Acompanhe.

Maior velocidade

Um dos pontos é a velocidade maior nos processos logísticos, o que ocorre por conta do melhor monitoramento e da conectividade. A comunicação otimizada entre os dispositivos favorece a automação e a integração de dados, assim como impulsiona os resultados com mais agilidade.

Dessa forma, em última análise, a gestão conseguirá lidar com maiores demandas, entregando produtos em um ciclo menor.

Controle efetivo

No geral, haverá um controle efetivo das operações e dos indicadores relacionados com os processos. Assim, a administração terá uma visão completa, com a capacidade de intervenção em tempo real. Isso significa menos problemas e uma previsibilidade maior.

Manutenções preventivas

O ambiente de produção é otimizado com manutenções preventivas e um melhor aproveitamento das máquinas para cumprir com os cronogramas. Aliás, isso se aplica também a ativos e equipamentos dispostos em centros de distribuição/armazéns, bem como a veículos de transporte. No geral, a gestão consegue antecipar problemas e evitar riscos.

Suporte à transformação digital

A melhoria global na conectividade é uma grande vantagem para a logística, principalmente para aquela que está passando por transformações para atender ao digital. Nesse sentido, o 5G permitirá desenvolver uma infraestrutura robusta capaz de lidar com as necessidades modernas e se tornará um fundamento para as mudanças e inovações.

A tecnologia 5G é extremamente poderosa, uma vez que trará menor latência, suporte a mais dispositivos, maior velocidade e menos instabilidades. Desse modo, será um perfeito padrão para a Internet das Coisas, o que possibilitará a aplicação dessa tecnologia em diversos contextos, como a logística. A tendência é que essa aplicação amplie os bons resultados e traga melhor controle para a gestão.

Gostou do artigo? Compartilhe o conteúdo com todos os seus amigos nas suas redes sociais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo