logistica-integrada

Saiba mais sobre a tendência da logística integrada e quais suas vantagens

As operações logísticas são fundamentais para assegurar o sucesso de uma empresa. A partir dos progressos alcançados nas metodologias de produção, novas formas foram desenvolvidas e, entre elas, encontra-se a logística integrada.

Ela é capaz de interligar estrategicamente todas as etapas dos processos de manejo de mercadorias e produtos, aproveitando, ainda, o potencial dos avanços tecnológicos. Dessa forma, é possível atingir novos patamares em ambientes competitivos cada vez mais acirrados, obtendo destaque pela pontualidade, eficácia e alta produtividade.

Pensando nisso, abordaremos ao longo deste artigo alguns dos aspectos principais da logística integrada, a fim de ajudar você a colocá-la em prática na sua organização. Boa leitura!

O que é a logística integrada?

A logística, como sabemos, envolve um conjunto de procedimentos voltados à execução, à gestão e ao planejamento eficiente do deslocamento, do armazenamento e do transporte de materiais e produtos, tanto fora quanto dentro de uma organização.

A logística integrada, por sua vez, refere-se à condução de tais procedimentos embasada uma lógica de interação e, como seu nome sugere, integração, desde a produção das mercadorias até sua entrega aos consumidores finais.

Ela pode ser subdividida nas seguintes áreas:

· distribuição física: o final de todo o processo, isto é, quando as mercadorias são levadas aos pontos de distribuição, venda ou aos clientes finais.

· administração de materiais: esta área é a responsável direta pelo fluxo de insumos, negociando as compras, realizando o transporte, controlando a qualidade e gerenciando o armazenamento. Ela busca, ainda, a redução de custos, o estabelecimento de bons relacionamentos com parceiros e a agilização da produção.

· movimentação de materiais: trata-se de ações de transporte para que os insumos abasteçam as linhas de produção e, também, do deslocamento de materiais em processamento. O armazenamento e o encaixotamento devem ser manejados de modo a possibilitar a maior eficiência possível na utilização do espaço e do tempo disponíveis.

Qual a importância da logística integrada?

Em meio a tantas atividades a controlar, assim como os grandes volumes de informações e dados que são rotineiramente gerados, fica mais fácil compreender a impossibilidade de realizar uma boa gestão e troca de dados relevantes por meio de ações manuais.

Nesse contexto, é imprescindível focar os investimentos em soluções tecnológicas. Dito de outra forma, o emprego de um sistema integrado de

gestão viabiliza a automação de muitas tarefas, tão logo uma rotina passa a ser executada no sistema.

Além disso, tenha em mente que o intercâmbio de dados com terceiros se torna, também, mais fácil, otimizando a relação, por exemplo, com transportadoras e fornecedores.

Logo, é possível realizar a centralização de todos os dados, acessando-os e divulgando-os com maior velocidade, assim como consolidar essas informações em relatórios úteis para análises posteriores dos resultados.

Quais as suas vantagens?

Ao ser aplicada, a logística integrada possibilita inúmeras vantagens à empresa, algumas, até mesmo, a curto prazo. Entre elas, se destacam as que você verá nos tópicos a seguir.

Agilidade nos processos

O aprimoramento nas comunicações e um maior compartilhamento de dados e informações fazem com que os processos sejam executados com maior agilidade. O mesmo ocorre com as tomadas de decisões que, além de se fundamentarem em bases confiáveis e sólidas, passam a ser feitas agilmente, representando um grande diferencial competitivo para o negócio.

Redução de riscos

A experiência de concretizar planejamentos sistêmicos da cadeia produtiva é outra importante vantagem da logística integrada. Desse modo, operações como a distribuição, o armazenamento e o transporte são estruturadas de tal forma que há uma maior facilidade na realização de ações preventivas e na antecipação de erros e falhas, minimizando os riscos.

Sendo assim, uma sistemática de intervenção pode ser elaborada na empresa, a partir do desenvolvimento de estratégias eficazes e ágeis de enfrentamento e resolução de problemas.

Vantagem competitiva

A logística integrada visa, sobretudo, a montagem de cadeias produtivas otimizadas, nas quais as mercadorias circulam sem entraves. Os planejamentos buscam encaixar as engrenagens desse sistema para que as vias responsáveis pela interligação de cada unidade se comuniquem com extrema precisão.

São monitorados, também, os padrões produtivos, pois, é exigido, ao longo de cada etapa, o máximo de qualidade. Como resultado, a empresa passa a atuar com produtos com um valor justo e dentro dos padrões desejados pelos clientes. Com tais elementos, a empresa se destaca perante a concorrência, justamente, pela adequação de seus preços, sua pontualidade e sua qualidade.

Aumento da produtividade

A elevação da produtividade pode ser obtida pela otimização de processos e a correção de falhas. Ao ser mapeada, o objetivo da logística integrada reside em encontrar, nas diversas atividades do negócio, melhores métodos de trabalho, inclusive, eliminando etapas desnecessárias, isto é, que não agregam valores aos resultados finais.

A força de trabalho se torna, assim, mais eficiente: produz mais em menos tempo com uma mesma equipe disponível.

Melhoria na comunicação

Compartilhar informações, conforme mencionado, é imprescindível para o funcionamento da logística integrada e a garantia de eficiência nos processos, melhorando consideravelmente as formas como os setores e as pessoas se comunicam.

À medida que todos atuam em conjunto a fim de atingir os resultados esperados, problemas como a retenção de dados podem ser evitados e as informações passam a ser trocadas com maior regularidade.

Como aplicá-la em sua empresa?

Com efeito, é a comunicação um dos primeiros elementos da logística integrada. A promoção de uma verdadeira integração e a geração de resultados provenientes dela demanda a manutenção de fluxos objetivos, claros e contínuos das informações acerca dos processos.

É assim que as distintas áreas de um negócio podem tomar decisões precisas com maior agilidade. Um bom exemplo pode ser encontrado quando a área de compras monitora os níveis de estoque e sabe precisamente quando um fornecedor deve ser acionado para que as quantidades adequadas de determinados produtos sejam adquiridas, com vistas ao atendimento das demandas, evitando excessos e faltas.

A logística integrada, em termos práticos pode ser dividida, nas rotinas empresariais, nas seguintes áreas:

· distribuição e escoamento;

· gerenciamento de materiais;

· fluxo de insumos.

Fluxo de insumos

Essa etapa é de grande importância, principalmente, devido ao seu viés de apoio às atividades produtivas e orientação interna. Ela compreende as ações de deslocamento de materiais e insumos no interior das instalações até sua chegada às linhas produtivas.

Nesse cenário, os profissionais da área devem estar focados na continuidade dos abastecimentos das linhas de produção sob sua responsabilidade.

Gerenciamento de materiais

As tarefas dessa área têm relação direta com a administração, assim como com a saída e entrada de materiais, sobretudo, insumos e outros itens relevantes para a produção.

Portanto, a grande utilidade dessa área diz respeito à eficiência da gestão, isto é, ao seu efetivo controle, máximo aproveitamento de materiais para evitar perdas e/ou desperdícios.

Distribuição e escoamento

Essa etapa representa o fim do processo. Os profissionais alocados nela se responsabilizam pela entrega dos produtos aos clientes ou, dependendo do modelo de negócio e comercialização adotado pela organização, aos pontos de distribuição.

É nessa etapa que, normalmente, são estabelecidos, ainda, parâmetros de verificação da qualidade dos produtos e avaliação das entregas, além de assegurar, por um lado, a qualidade daquilo que se produziu e, por outro, a agilidade nos deslocamentos.

Cumpre ressaltar, por fim, que a integração logística permitiu que as empresas se tornassem mais eficientes, sobretudo, em termos operacionais e financeiros. Ademais, a partir da integração logística, muitos sistemas foram criados para aprimorar, seguidamente, essas atividades nas empresas.

Gostou do artigo? Então, entre em contato e conheça soluções desenvolvidas para atender as necessidades específicas da sua empresa!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário