container refrigerado

O armazenamento em container refrigerado

A logística de transporte sempre foi um desafio para muitas empresas, em especial, quando se trata da indústria alimentícia, farmacêutica e outras que dependem de estruturas especiais e de compartimentos adequados para manter a conservação e a integridade de seus conteúdos.

O container refrigerado, hoje, é uma solução vista como a melhor alternativa para atender a essas necessidades e especificidades. Porém, ele tem diversos outros usos: sua aplicação se estende para a construção civil, o transporte de plantas, flores e eletrônicos. Em tempos de pandemia, até hospitais e governos têm recorrido ao equipamento como alternativa para transportar o alto número de vítimas.

Justamente por essas funções tão versáteis e flexíveis, preparamos um post exclusivo para mostrar as vantagens e diferenciais dos containers refrigerados na logística e armazenagem, além de explicar como o equipamento pode ser aplicado às suas necessidades. Vamos conferir?

O que é um container refrigerado?

À primeira vista, um container refrigerado tem o mesmo formato e design do que um equipamento convencional de carga. No entanto, o que o diferencia dos demais é justamente o revestimento térmico e uma unidade de refrigeração especial apropriada, que será responsável por manter a temperatura interna do compartimento.

Também são chamados de reefer, e, normalmente, são fabricados em aço corten. Porém, há modelos revestidos de aço inox ou duralumínio, indicados para determinados tipos de materiais e produtos a serem conservados.

Em relação às dimensões, um container refrigerado segue basicamente o mesmo padrão de um convencional, podendo variar entre 20 e 40 pés de altura, e com modelos High Clube ou Standard.

Como funciona o processo de refrigeração desses containers?

Por dentro de um container refrigerado, a circulação de ar frio é constante e pode ser controlada por um medidor. O equipamento tem a capacidade térmica de -25º até 25º C, não importando qual seja a temperatura externa.

Outra característica importante é o design interno, normalmente moldado no formato da letra “T”, o que permite que o ar transite por baixo da carga, aumentando, assim, a eficiência da conservação.

Na prática, o funcionamento da refrigeração em um container se dá por um sistema especial, que, em geral, fica acoplado na parte frontal do equipamento, do lado oposto da porta. Ali, fica um compressor, um condensador, um controlador externo, um dispositivo de expansão, uma entrada de ar e um evaporador.

Esse sistema permite tanto refrigerar como aquecer, caso alguma carga específica necessite de temperaturas superiores, como ocorre com alguns tipos de bebidas e farmacêuticos.

Além disso, o container refrigerado mantém um fluxo constante de ar interno, mesmo que esteja completamente cheio. Em seu interior, há linhas vermelhas que indicam o limite máximo de carga, que também funciona como um controle para que essa circulação ocorra de forma eficiente e permita refrigerar todos os produtos por igual.

Quais as principais vantagens do armazenamento em container refrigerado?

Como bem destacamos no início, a logística de transporte de produtos especiais sempre foi um desafio para muitas empresas, e, sem dúvidas, o container refrigerado surgiu como a solução mais viável e prática para isso.

Hoje, a indústria farmacêutica, alimentícia e outras áreas com demandas específicas ou sazonais utilizam o equipamento como a melhor alternativa para as suas operações.

Entre as principais vantagens do container refrigerado, vale destacar a sua capacidade térmica e nivelada. Ou seja, o equipamento permite manter a mesma temperatura interna por horas ou dias, mesmo que o equipamento se locomova por diferentes regiões e climas externos.

Os containers reefer foram desenvolvidos para refrigerar inúmeros tipos de cargas, com uma potência adequada e suficiente para garantir uma troca de ar ideal em seu interior. É fundamental ressaltar que o equipamento não foi projetado para aumentar ou reduzir a temperatura da carga em si, mas para garantir a condição perfeita que aquele conteúdo precisa para ser transportado ou armazenado.

Por ser um equipamento à parte, ou seja, não acoplado obrigatoriamente a um tipo de veículo específico, o container refrigerado tem a grande vantagem de ser extremamente flexível, podendo ser carregado em caminhões, navios, guindastes etc.

Isso fez com o que o reefer se tornasse uma alternativa mais versátil e econômica aos convencionais caminhões e câmaras frigoríficas, otimizando as operações logísticas das transportadoras e armazéns, em especial, durante as demandas sazonais.

Para exemplificar melhor toda essa diversidade de uso, destacamos uma pequena lista de produtos e indústrias que podem usufruir das vantagens de um container refrigerado. Confira a seguir:

  • produtos perecíveis;
  • carnes, aves e derivados;
  • peixes e frutos do mar;
  • frutas e verduras;
  • produtos lácteos;
  • bebidas naturais;
  • alimentos frescos;
  • produtos farmacêuticos e químicos;
  • eletrônicos;
  • plantas e flores;
  • chocolates e sorvetes;
  • gelo;
  • hospitais e construção civil.

Como já destacamos, a atual pandemia do novo coronavírus fez com que hospitais e governos recorressem aos containers refrigerados como alternativa do problema na linha de frente da crise humanitária. Além disso, os equipamentos também têm se tornado uma tendência na área de construção e habitação.

Cada vez mais, projetos arquitetônicos utilizam os espaços internos dos containers para moradias modernas, práticas e mais econômicas, além de sustentáveis.

Tudo isso mostra um pouco da versatilidade e flexibilidade que o equipamento oferece aos diferentes nichos de mercado.

Além disso, vale destacar alguns benefícios práticos da utilização do container reefer nas rotinas logísticas ou para as demais atuações. São eles:

  • instalação rápida e prática;
  • mobilidade e facilidade de adaptação ao transporte;
  • alta capacidade de armazenagem interna;
  • resistência e proteção da carga;
  • capacidade térmica variável, podendo atender a cargas frias, quentes, secas ou úmidas;
  • excelente custo-benefício para o transporte.

Em resumo, esses são os principais destaques e diferenciais de um container refrigerado. Além de todos os pontos citados, outra grande vantagem do equipamento é a possibilidade de terceirização do serviço de transporte especializado, ou seja, sem a necessidade obrigatória de investir ou comprar o equipamento.

A TPC, por exemplo, realiza o carregamento e armazenagem dos mais variados tipos de cargas refrigeradas e conta com uma abrangência logística em todo o território nacional, garantindo que os seus produtos cheguem ao destino com o máximo de qualidade e integridade.

Quer conhecer mais sobre soluções logísticas, tecnologia de transporte, tendências e novidades do setor? Então, não deixe de assinar a nossa newsletter e ficar por dentro dos próximos conteúdos.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta