rastreamento de cargas

Como usar a tecnologia no rastreamento de cargas?

Em tempos de logística 4.0, não cabe mais às empresas insistirem em métodos e ferramentas obsoletos para rastreamento de cargas. Ou seja, já se foi o tempo em que era preciso, literalmente, “correr atrás” do motorista, por meio de ligações ou mensagens, para saber a sua real posição — que nem sempre era tão exata assim.  

Hoje, o uso da tecnologia aplicada ao planejamento logístico permite que os gestores monitorem, em tempo real, cada “passo” dado pela carga, com total exatidão e sem, necessariamente, precisarem comunicar-se com o motorista. Isso garante muito mais precisão nas informações, segurança na operação em geral e previsões mais corretas para o cliente.  

Por isso, no intuito de apresentar as vantagens e opções viáveis de rastreamento de cargas, nós resolvemos preparar um post com dicas e sugestões de tecnologias que podem ser implementadas em sua empresa para melhorar o controle e a gestão de suas entregas. Acompanhe! 

Os principais benefícios do rastreamento de carga na logística  

Com o advento das novas tecnologias aplicadas à logística, otimizar a cadeia de suprimentos tornou-se mais prático e viável para muitas empresas nos últimos anos, tanto para operações inbound, com para armazéns mais inteligentes e automatizados por meio de sistemas WMS (Warehouse Management System). Os benefícios da rede de distribuição, dos softwares de rastreamento de cargas e das plataformas web também são vistos na gestão das entregas, que se torna muito mais ampla e dinâmica.  

Em relação a esse último caso, sobre ferramentas específicas para a gestão de entregas, podemos destacar uma série de benefícios que as empresas ganham ao investir em uma tecnologia de rastreamento de cargas. A seguir, separamos os principais deles. Confira!  

Segurança  

Em um país como o Brasil, de extensão continental e com problemas graves de infraestrutura e de segurança pública, prezar pela integridade da carga é um desafio diário para as empresas. Por isso, contar com sistemas de rastreamentos das entregas aumenta o controle sobre as operações e ajuda o gestor a detectar qualquer mudança imprevista na rota predefinida, como desvios de caminhos, paradas não programadas, perda de sinal etc. Há, ainda, sistemas que permitem o bloqueio do baú e do próprio veículo a distância, minimizando, assim, os riscos de roubos, furtos, sequestros e outros crimes comuns nas estradas brasileiras.  

Controle de entregas  

A tecnologia de rastreamento de cargas não se limita só a garantir mais segurança às suas entregas. Ela também tem papel fundamental na gestão das frotas, permitindo, por exemplo, acompanhar as etapas de uma operação, avaliar o tempo de viagem e seus custos, estipular mudanças em rotas futuras, analisar previsões mais precisas e registrar o histórico de cada veículo.  

Comunicação automatizada  

Uma das vantagens da tecnologia de rastreamento de cargas é que esse tipo de sistema costuma contar com o disparo automático de mensagens, a cada conclusão de etapas na entrega. Ou seja, ainda que você não possa monitorar suas operações a todo instante, automaticamente, será informado dos processos finalizados e, assim, garantir o controle e as previsões da distribuição. Em geral, essas mensagens podem ser programadas por SMS ou e-mail e são disparadas de forma simples pelos motoristas ou despachantes ao fim de cada operação.  

Experiência do cliente  

Um dos principais desafios da logística hoje é conseguir promover uma experiência positiva e diferenciada aos clientes, que estão cada vez mais exigentes. Passar previsões incorretas, entregar com atrasos ou mesmo deixar de comunicar o comprador são exemplos de práticas desgastantes para a relação comercial e que, inclusive, podem colocar em risco as negociações.  

A tecnologia de rastreamento de cargas possibilita essa aproximação com uma comunicação mais precisa e real sobre a posição das entregas, agilizar as operações e, principalmente, garantir um atendimento mais satisfatório e confiável ao cliente.  

4 dicas para usar a tecnologia no rastreamento de carga  

Atualmente, há diversas opções de ferramentas, sistemas e plataformas online para se realizar o rastreamento de cargas na logística, desde os mais básicos e simples, até os mais completos e inteligentes. Para exemplificar melhor, destacamos alguns exemplos.  

1. GPS  

A tecnologia mais usual e simples para o rastreamento de cargas hoje é por meio do GPS. O equipamento instalado nos veículos permite o acompanhamento da rota em tempo real e com posições precisas e exatas. No entanto, a instalação do GPS por si só não representa, de fato, um método de gestão de entregas, podendo apresentar algumas limitações, como possíveis perdas de sinal, dependência da intervenção humana para comunicação etc.  

2. Telemetria  

A telemetria é outro tipo de tecnologia que permite o rastreamento de cargas de forma segura e dinâmica, sem riscos de perdas de sinal, mas podendo também encontrar certos tipos de limitações. Isso acontece quando não está atrelada a um sistema ou uma plataforma de gestão mais ampla. Além disso, a telemetria não monitora o veículo em tempo exato. Ou seja, a ferramenta atualiza a posição entre intervalos de tempo, o que leva de segundos até minutos.  

3. Sistema TMS  

Os sistemas TMS (Transportation Management System) é uma das soluções mais completas para rastreamento de cargas e podem agregar as tecnologias citadas anteriormente. A diferença é que o TMS, de fato, se trata de um software de gestão, e não apenas uma ferramenta para captar os sinais do veículo. Sendo assim, a empresa consegue monitorar a entrega em tempo real, controlar custos, registrar históricos etc.   

Apesar dessa abrangência de funcionalidades, o TMS se limita basicamente ao transporte rodoviário, garantindo apenas o controle das frotas, e não das operações por completo. Ou seja, se sua entrega envolver outros modais ou uma transportadora que não tenha o software, não será mais possível monitorar a carga.  

4. Plataforma One Stop Shop  

Considerada a mais ampla e dinâmica ferramenta de rastreamento de cargas da atualidade, essa plataforma opera em nuvem, o que dispensa a instalação de softwares pesados em sua rede e garante a gestão completa das operações, inclusive com diferentes modais, processos e até transações internacionais.  

Ou seja, as plataformas One Stop Shop não se limitam só às ferramentas de rastreio instaladas nos veículos, mas também permitem que despachantes aduaneiros, armazéns e transportadoras informem cada etapa realizada na cadeia de distribuição, possibilitando, assim, uma gestão global e dinâmica de toda a operação.  

Enfim, essas são algumas dicas e sugestões práticas de tecnologias específicas para rastreamento de cargas. Vale reforçar que ter esse controle automatizado não visa apenas a monitorar as etapas de uma entrega, mas também é parte estratégica de qualquer operação logística, garantindo mais segurança, agilidade, mapeamento de processos, redução de custos e, claro, uma experiência mais satisfatória ao consumidor.  

Gostou? Quer ficar por dentro de outras dicas e novidades sobre logística e comércio exterior? Então, não deixe de assinar nossa newsletter e receba tudo em primeira mão!  

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta