automação industrial

Impactos da automação industrial e sua relação com a logística

Ser eficiente é um dos principais objetivos da logística. Diante disso, a implementação de tecnologias para reforçar o segmento foram surgindo ao longo dos anos. Assim, a automação industrial ganhou um lugar de destaque na cadeia de suprimentos.

Seus processos ajudam a logística a otimizar as suas operações e alavancar os resultados. Empresas modernas que desejam sempre se manter à frente do mercado e garantir a sua competitividade adotam os avanços como princípio básico para o crescimento dos negócios.

Para você entender melhor sobre os impactos da automação industrial na logística, desenvolvemos este post explicando exatamente o seu papel na cadeia de suprimentos. Curioso para saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe o nosso conteúdo!

O que é automação industrial?

Automação industrial é a utilização em conjunto de softwares, equipamentos e máquinas eletromecânicas para acelerar a produção. Sua principal função é tornar os procedimentos mais eficientes, a fim de maximizar a produtividade. O maior desafio é alcançar tais objetivos consumindo menos energia e reduzindo a poluição, além de oferecer mais segurança aos trabalhadores, materiais e informações.

O processo de automação industrial surgiu a partir das primeiras movimentações ocorridas nos anos 50. Nessa época, o objetivo era tornar algumas operações realizadas pelo homem o mais independente possível, como acender e apagar uma luz ou controlar a velocidade de máquinas.

Ao longo do tempo, mais e mais atividades ganhavam autonomia. Entretanto, foi na primeira Revolução Industrial, em meados do século XVIII, na Inglaterra, que o processo de automação ganhou força. Nesse momento, máquinas a vapor e teares recebiam acessórios que impulsionavam a velocidade de seus trabalhos.

Em seguida, na segunda Revolução, o processo de automatização ganhou o apoio da eletricidade, com a sua inclusão nos ciclos produtivos. Finalmente, na terceira Revolução, no século XX, aliou-se a produção à tecnologia dos computadores.

Hoje, a automação industrial se demonstra corrente em sua quarta Revolução Industrial, mais conhecida como indústria 4.0. Nesse momento, é incorporado às suas operações o auxílio da internet, o que corrobora para a transformação da atuação do ser humano no processo produtivo.

Quais os impactos da automação industrial e seus benefícios?

Com os clientes cada vez mais exigentes, é necessário que a logística esteja sempre em busca de ferramentas para agilizar os seus processos. O consumidor tem pressa em receber os seus produtos — e ainda espera qualidade nos serviços e no atendimento.

Dessa forma, a cadeia de suprimentos viu a necessidade de implementar a tecnologia em seus processos. O investimento em automação industrial aumenta a produtividade do setor e eleva o nível de excelência dos serviços prestados. Além disso, o processo automatizado acelera e otimiza todas as atividades do segmento, reduzindo também os seus custos.

Conheça, a seguir, mais sobre os benefícios que a automação industrial traz para a logística.

Maior eficiência nos processos

A padronização desencadeada pela automação industrial garante maior agilidade dos processos logísticos. Isso contribui bastante na simplificação dos trabalhos dos profissionais da área e ainda permite análises mais rápidas do sistema, o que promove a otimização para a correção de problemas e na tomada de decisão.

Aumento da produtividade

A aplicação da automação industrial nos processos logísticos diminui os trabalhos manuais. Assim, as operações são otimizadas, uma vez que o tempo para desenvolver tarefas básicas são reduzidos, como a separação de pedido e contagem de estoque.

Capacidade de monitoramento aprimorada

Automatizar os procedimentos logísticos é, sem dúvida, uma maneira de garantir a total organização da atividade logística. Com os sistemas automatizados e o auxílio de softwares, a organização recebe total apoio para monitorar cada etapa produtiva de supply chain, podendo, inclusive, mapear todos os seus processos.

Como a automação industrial afeta os funcionários?

Sem dúvida alguma, a introdução da automação industrial no mercado promove grandes mudanças. Isso pode ser percebido desde o seu surgimento. A tecnologia, em si, traz grandes benefícios para os trabalhadores — uma delas é garantir a sua segurança durante a realização de tarefas.

O processo visa, entre outros objetivos, reduzir os riscos de acidentes. Seus mecanismos ópticos avançados são capazes de evitar ocorrências como cortes, prensa de membros, choques, fraturas ou qualquer outra ameaça à integridade física dos profissionais envolvidos na operação.

Uma outra preocupação da sociedade em relação ao avanço tecnológico é a possibilidade de as máquinas ocuparem os empregos das pessoas. Entretanto, esse pensamento é defasado. O que acontece também é a revolução das profissões.

Assim como os processos industriais sofrem modificações com a introdução da tecnologia, os recursos humanos também passam pelo mesmo processo. Muitas funções podem ser extintas, outras sofrem adequações, para que os profissionais saibam interagir com as novas tecnologias, algumas seguem em frente, e novos empregos também podem surgir.

Qual a relação entre a automação industrial e a logística?

Sem a automação industrial seria quase impossível para a logística atender a tantos pedidos. Utilizada em todos os seus processos, desde a solicitação de um produto até a entrega ao cliente final, a tecnologia tem um papel muito importante, principalmente para garantir a eficiência dos processos.

Algumas ferramentas são imprescindíveis para a automação da logística. Entre elas, podemos destacar:

  • leitores de códigos de barras;
  • identificadores RFID;
  • coletores de dados portáteis e veiculares;
  • softwares de gestão WMS e TMS.

A automatização dos processos logísticos promove um melhor controle sobre as rotinas. Isso significa que é possível acompanhar o status de uma operação em tempo real — e, dessa forma, se obtém informações referentes a ela, por exemplo.

Além disso, os procedimentos para reduzir falhas de logística e retrabalhos são viabilizados pela eliminação dos processos manuais. Diante disso, a incidência de erros cai consideravelmente, uma vez que as tarefas passam a ser realizadas de forma automática.

A automação industrial é, sim, imprescindível para os processos logísticos. Só assim é possível resistir à pressão do mercado consumidor. Com o seu auxílio, é certo que a demanda seja atendida no tempo correto e com a qualidade esperada, garantindo, assim, o sucesso das operações e organizações.

Gostou do nosso post sobre automação industrial e os seus impactos na logística? Que tal aproveitar a sua visita em nossa página para entender melhor sobre logística 4.0. Explore essa oportunidade!

COMPARTILHAR:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta